quarta-feira, março 21, 2007

poesia



ego

universo
de ti


tu

ao centro
eu
ego


esfera
de manobras

envolta
à volta de

de t(eu)
ego.


Ailéh

16 comentários:

Teresa Durães disse...

é assim que vês a poesia? ego?

cousa estranha

(olha lá, por quem me tomas para quereres uma cereja minha, ãh????)

ehehhehehhe

bejes (distantes)

caminhos disse...

Olá ailehzinha tou zangade contigue...eheheheh na puzetis as tus fotos.memo assim dexo beges

gabriela r martins disse...

Meia Leca

deixo ,apenas ,um beijo

daniel sant'iago disse...

O (t)eu... em jogo!
Bj.

Entre linhas disse...

Poesia muito sui generis:)))o jogo entre o eu,o tu e o ego.

Beijinhos Zita

LP disse...

A poesia junta com a sonoridade do post...como que me leva até plutão...

Adoro Rodrigo Leão e este tema com a Calcanhoto é sublime!

Paulo Sempre disse...

Sonhar a Sul...é sonhar com o pó dos caminhos de cabra...e cruzamentos de estradas entre rectas infinitas e sem destinos conhecidos...sempre a Sul..onde o calor aperta mais e mais...
Paulo

Anónimo disse...

do segundo - impacto, para aqui www.cadernos-amf.blogspot.com

gabriela r martins disse...

prantes! esta Meia Leca anda de brincadêra c'a museca e nada de screvere...
moça! avança pr'ás letras!!!!!

bêjes!

ailéh disse...

OH TERESINHA , vejo pois a poesia não mais que o ser de cad um às volta envolta de palavras, de egos, o meu e o teu....
bejes

ailéh disse...

olá caminhito, pos na puz porque as minhas pelingrafias são munta feias.
toma la bejes e na digasq ue te dei

ailéh disse...

gabriela e já não é mau

ailéh disse...

o meu em ego ... :-))) daniel
beijo

ailéh disse...

entre linhas uma forma diferente apenas.

ailéh disse...

lp a mim faz.me levitar no sonho...um beijo

ailéh disse...

paulo

Sonhar a sul é sonhar o azul quente e utopico .. da areia e do mar

um beijo