quarta-feira, dezembro 06, 2006

Talvez por não saber falar de cor, imaginei
Talvez por saber o que não será melhor, aproximei
Meu corpo é o teu corpo, o desejo entregue a nós...sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti, "Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Talvez por não saber falar de cor, imaginei.
Triste é o virar de costas, o último adeus sabe Deus o que quero dizer. Obrigado por saberes cuidar de mim, tratar de mim, olhar para mim... Escutar quem sou e se ao menos tudo fosse igual a ti...
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir. Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.
É o amor que chega ao fim.
Um final assim, assim é mais fácil de entender...
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse é mais fácil de entender. Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse era fácil de entender.

The Gift

10 comentários:

al-jib disse...

Meia Leca!
tanta dúvida para quê? ah mulhêre ,o melhor é pôr ponto final e a seguir ,virar a página ,caso contrário ainda viras gaga

e vou.me .ponto final ,parágrafo.

caminhos disse...

Ailéh
Tava cá com umas sodades de te ver otra vez a andari com iste... segui o conselhe do Berbere... afoje daí eheheheh
Beges

Cordda disse...

Ailéh

sente-se e definas o que sente.

cordda

Teresa Durães disse...

esta mulher é a mesma qu'eu conheci???? avariou de todo!!!! (anda tudo nos The Gift, sorte as dele se lhes comprarem e não fazerem downloads ilegais...)

esse algarve faz mal à maluqueira nã faz????

e a menina desaprendeu a escrever, agora só faz cópias?

(a maior crise de amores não te dá para belas canções????)

xiiiiiiiiiiii


(c'a treta era aquela de linkar???)

Teresa Durães disse...

bejes dados contrariados (com muita bicada pelo meio, nã me ligas peva! :P )

ailéh disse...

Oh senhora caturrita
nao posso ligar na tenho linha... toma lá meio alqueire de beijos

ailéh disse...

oh al jib fgosto destes moços do presente e então resolvi presentear-vos com a letrinha.
beijos ponto e Virgula

ailéh disse...

oh senhor andante , eu ca bem custava mas a vereda tá curta..ver se me dão linha rápido... ehehhe
beijokas bom fim de semana

caminhos disse...

Vim dexar uma gorpelha de beges que o fim de semana é longue.
Beges
(cá fique á espera de poderes encontrar a vereda)

emília couto disse...

ailéh


vem ver o amor manifesto...
vem se deliciar...
porque viver é isso...
é lembrar ...é amar...é contar

Emilia Couto