terça-feira, novembro 07, 2006

a ti pai...

e…


penso em ti
e
o tempo que separa
as nossas vidas
é o
presente
da tua
ausência
ou a distância do passado
entre o
sentir e amar


e

no teu não estar
ergo.me
e
construo.me
mulher

e

sigo o trilho
longo
ensinado por ti
e
tu
segues sereno
a meu lado

e

é nessa memória passada da tua sempre presente ausência
que a tua filha te
pré (sente)


Ailéh

12 comentários:

al-jib disse...

deixo ,apenas um enorme e rechonchudo beijo na tua face

( tudo o que escrevesse estragaria o poema )

daniel sant'iago disse...

Vou rev(l)er este poema... mais à frente.
Posso?
Um beijo.

al-jib disse...

mosqueteira Meia Leca!
toca a vestir a farda de mosqueteira e apresentar.se na tenda do berbere al.Jib ,e ,"de caminho" passa pela tenda da Weguinha e deixa.lhe um beijinho de parabéns

vou ver se a minha farda já está plissada

della-porther disse...

bem sei sobre o que escreveste de forma tão doce...sei...sinto.
viver sem ele está sendo muito difícil.

beijos

della

Teresa Durães disse...

olá (miuda!!)

:))) já estou na lusitania, acabei de ler o poema que gostei!

(estou mais à vontade a escrever que a falar... timidez... por vezes... não é sempre...)

vou à alpista! bom resto de domingo

bêj's (aqui no Montijo cortam sempre a última sílaba e falam à Alentejana)

Teresa Durães disse...

toc toc

hoje a della faz anos!

ACORDA!!!!

lisa disse...

Sem palavras!!!

:-)

Beijo amiga.

al-jib disse...

atão?
que andas tu a fazer?
outra que se dissolveu na chuva ... bolas ... anda todo o mundo a brincar no trapézio da vida ... ainda vai haver desastre!!!!!

al-jib disse...

não acho peiva de graça!

bêjes.

caminhos disse...

ailéh
... deixo um grande silencio de admiração pelo teu poema
Begs

Teresa Durães disse...

tu nã ma ligas, eu nã ta ligo

prontos

nem resposta me dá quanto t'a chateio

caturra caturrenta :(((((((((

nã quero commentes no voando mas ao menos dá à linguua :PPP

ahahhahah

ailéh disse...

Al-jib, daniel,della,teresa,lisa,caminhos
deixo.vos um terno beijo em silêncio.