sexta-feira, julho 28, 2006

sobre a mesa

Sobre a mesa
a brancura do papel
aguarda a escrita

Não é ainda
silêncio
que as palavras
definem

é um campo apenas
lavrado pelo exílio
uma superfície inerte
ou talvez nada

O poeta
coloca aí as sementes
e o estrume

espera o milagre
das primeiras chuvas

Luís Serrano in Casas Presentidas

7 comentários:

al-jib disse...

tinha triplas saudades
.
.
.
dos teus posts
.
.
de boa POESIA
.
e ,sobretudo ,do Luís Serrano

um beijo kameloso

lisa disse...

Boa escolha.
Venham mais...

Beijo aluado.

Sophie disse...

Estou encantada com o que li e com o que ouvi.
E assim são as palavras... possuem um nagnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções.
Adorei!
Um beijo enorme.
Sophie

ailéh disse...

Beijo agradecido aaaaaal-JIB meu homem do deserto

ailéh disse...

Beijo
lisa e obrigada pelo teu comment

virão mais diferentes , mas virão prometo

ailéh disse...

E eu adorei as tuas palavras sophie....
um beijo e obrigada pela visita

Anónimo disse...

Very nice site! Voip ham software http://www.does-effexor-xr-cause-weight-gain.info coupe faim zyban Ada bulk mailer 3.2 keygen Voip gateway nortel option 51 black decker toaster oven mountable fire pop up blocker nj pilates Celebrex lawyer oregon http://www.buy-fioricet-online-9.info/Why-voip-service.html http://www.voip-provider-8.info/Voice-over-ip-market.html proactiv solution Chinook+centre+eye+laser+surgery Free adult mini mpg clips Free animated outlook stationery medical malpractice cases and summaries voip proposal Rent fridge freezer dallas gmc truck Riene boobs gallery large boobs