sábado, junho 17, 2006

aqui...
lugar
de
extrema solidão



fecha-se o mundo
no ser


em fim
calma
descobre-se a noite


o real esvanece em mim

nasce oscilante o sonho...

Ailéh

4 comentários:

sugcrasis disse...

Bons sonhos então aí para esse teu canto...
Com anjos se possível...
Sugcrasis

ailéh disse...

e com uns diabinhos? não?
obrigada amigo
aquele beijo

daniel sant'iago disse...

Nunca te feches... abre-te!

daniel

. disse...

é assim ,miúda ,que os sonhos nascem
.
.
.
os que valem a pena
!