quinta-feira, maio 18, 2006

A primeira vez que te abracei pensei em marisco.
cheiravas a mar.
sei de cor o gosto da tua boca, do teu sorriso.
és o meu prato preferido.
não te rias.
não é tão piroso assim.

Patrícia Reis in EGOÍSTA Nº7

2 comentários:

sugcrasis disse...

Consegues imaginar-me a sorrir?
Se conseguires, é esse o meu comentário a esta tua publicação.
Onde é que foi que eu li este texto da Egoísta? Onde é que eu estava quando isso aconteceu?
Onde é que foi que eu vi um anjo à noite à beira de um prédio? Que óleo de linho foi usado?
Continuo a sorrir para um monitor…
Sugcrasis

ailéh disse...

sugcrasis
ainda bem que este texto te fez sorrir
aquele beijo