segunda-feira, maio 01, 2006


As mãos têm fome.
O sol nasce e vem comer as mãos.

Os animais lutam entre si:
a luz e carne.
As sombras orquestram o silêncio.

As mãos apanham todo o sólido e todo o líquido;
a luz é mera impressão digital.


As mãos têm fome como crianças
mas não agarram a palavra mão,
nem a palavra mãe.


As crianças são mais fortes que as palavras.
porque abraçam.
as palavras são mais fortes que as mãos.
porque mentem.

Sandro William Junqueira

4 comentários:

daniel sant'iago disse...

Por vezes, as palavras são a areia fina que se esvai entre os dedos.
Por isso, mentem!
Beijo.
daniel

sugcrasis disse...

As mãos seguram todos os objectos,
as mãos seguram o Mundo,
falam todos os dialectos,
são DR. Prof. Eng. e Tundo.
Alegres todas as mãos,
que sem tocar conseguem,
sentimentos expressar,
indicar, apontar,
e que a ti te perseguem.
Bj na tua mão,
Sugcrasis

ailéh disse...

daniel...
outras são palavras soltas .... vazias de sentido... ou então completas do mesmo...
um beijo apalavrado

ailéh disse...

Sugcrasis...
as mãos são espelhos de vida..

nem sempre alegres... muitas tristes... testemunham múlltiplos sentidos ... tateam múltiplos sentimentos e sensações....

um beijo tateante